7 de outubro de 2010

Alergia à esmaltes

Os esmaltes são utilizados não apenas esteticamente, mas auxiliam no fortalecimento e protege as unhas das agressões diárias. O que poucas pessoas sabem é que os esmaltes de unha são uma causa freqüente de alergia de pele e que o local mais freqüente são as pálpebras superiores que se tornam vermelhas com descamação.

      A alergia ao esmalte causa lesões ao redor dos olhos e pescoço, com vermelhidão e coceira, lugares onde levamos as mãos com freqüência. Pode-se dizer que 10% da população possui alergia ao esmalte.  O principal causador de reações alérgicas é o formaldeído e o tolueno presentes na composição dos esmaltes. O tolueno é um solvente (barato) da fórmula tradicional de esmaltes. O formaldeído está presente na resina do esmalte. A função da resina é dar a aderência e a durabilidade ao produto.  Até o momento o formaldeído só está proibido nos Estados Unidos, Canadá e nos países do oeste europeu.

     Temos que lembrar que a alergia pode não ser do tolueno ou do formaldeído e sim da mica, que é um pigmento utilizado nos esmaltes cintilantes e perolados.

Quando faço a unha, fico com os olhos inchados, é alergia a esmalte?

Provavelmente, a alergia (dermatite de contato) a esmaltes aparece como placas vermelhas com descamação,nas pálpebras,pescoço e colo e às vezes na palma das mãos.

Quais são os sintomas da alergia a esmaltes?

Inchaço nos olhos (pálpebras), vermelhidão e coceira no pescoço, rosto e mãos.

Usei um esmalte antialérgico e continuei tendo alergia, é normal?

No esmalte antialérgico ou hipoalergênico,o formaldeído e o tolueno são substituídos por outra resina.Você pode ser alérgica a esta nova resina,ou a algum outro componente do esmalte.

Qual cuidado preciso ter quando for à manicure?

Se for alérgica a esmaltes, se deve usar sempre base e esmaltes hipoalergênicos.

Como posso saber se sou alérgica somente ao tolueno ou também a outras substancias do esmalte?

O diagnóstico é  feito pelo teste de contato feito no alergista.

Como é realizado o teste?

O teste tem uma bateria de substâncias padronizadas (no Brasil são 35, entre elas temos o formaldeído e as resinas). As substâncias são coladas à pele das costas com adesivo hipoalérgico. Após 48 horas é retirado e é feita a primeira avaliação (observa-se se em algum local ocorreu à reação alérgica e a qual substância esta reação corresponde). A segunda avaliação é após 96 horas. O teste dá positivo, quando aparece vermelhidão e até bolhas no local de determinada substância (isto quer dizer que a pessoa é alérgica a esta substância)

Existe tratamento ou remédio para quem tem alergia a esmaltes?

O tratamento é  o mesmo para qualquer alergia. A pessoa alérgica não pode mais usar esmaltes que não seja hipoalérgico.

A base incolor aplicada antes do esmalte dá alergia?

Sim,ela tem os mesmos produtos que o esmalte,sendo que a quantidade de resina (tolueno, sulfonamida, formaldeído) é maior, para aumentar a aderência do esmalte.

Marcas Nacionais Hipoalergênicas
  • Colorama
  • Ludurana
  • Argento
  • Impala Hipoalergênico
  • Risqué (Não são todos os esmaltes)
  • Revlon
Quem conhecer mais alguma,me avise  =]


Beijinhosss

3 comentários:

  1. Dicas preciosas!

    bjuss
    roberthamedeiros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. bom dia gostei das dicas me visita?
    http://girlycutelovers.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Acho lindos esses apliques, esmaltes e cores e acho lindo uma mulher com unhas bonitas. Não se pode esquecer, entretanto, a necessidade de preservar a saúde das unhas. Às vezes certos esmaltes e apliques contêm substancias problemáticas tais como FORMOL, benzeno, parabeno, formaldeido, tolueno, cola etc... que deterioram as unhas.
    Não sei se você sabe, mas existem os esmaltes de tratamento, cremes e removedores da linha Ecrinal da França, especializada e líder de mercado de cuidados das unhas fragilizadas e deterioradas. ate no caso das unhas roídas, e o único produto que não sai na água O acabamento e simplesmente glamouroso como a origem dos produtos, produzidos em Mônaco, na Rivieira Francesa .

    Eles são também prescritos por dermatologistas

    consulte os sites ( são sites técnicos e não de venda ):
    www.ecrinal.com ( francês e Inglês )
    www.asepta.com ( da França )
    www.asepta.com.br ( no Brasil )
    a Época Cosméticos no Rio, Farmácia Iguatemi em São Paulo e outros têm esses produtos à venda inclusive pela internet. (dermexpress, dermatan, pharmaweb,... )

    A febre do esmalte tomou conta das mulheres brasileiras de todas as idades. O País é o segundo maior mercado consumidor do produto no mundo. Algumas mulheres chegam a mudar a cor até três vezes por semana. Mas a constante troca de esmaltes pode causar danos às unhas, irritações e até favorecer infecções por fungos e bactérias e doenças.
    Segundo o dermatologista João Carlos Lopes Simão, é preciso um intervalo entre as aplicações de, no mínimo, sete dias. “O esmalte tem formol em sua composição, que resseca e deixa a unha quebradiça se usado com frequência. Se o intervalo de aplicação for menor, pode até abrir a porta para infecções”, explica.
    Com crianças e adolescentes menores de 12 anos, o cuidado deve ser redobrado. “Até os 12 anos a unha é mais frágil, com lâmina mais fina, tem que usar esmalte infantil, que sai com água e sabão”, afirma o médico.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião
Ela é muito importante para o blog

VOLTE SEMPRE!!! =D